O efeito da memória e da atenção sobre a alimentação

Será que contar calorias e se pesar é a única forma que temos para lidar com a comida?

Um estudo de revisão sistemática e meta-análise buscou verificar como os processos cognitivos, como atenção e memória, podem influenciar na ingestão de alimentos tanto imediatamente como nas outras refeições e como nós podemos usá-los a nosso favor.

Baseado em estudos prévios que sugerem que a memória (lembrar do que comeu ou registrar o que comeu) desempenham um papel importante no apetite podendo tamanho da refeição e no intervalo delas. Isso levanta a possibilidade de que intervenções baseadas nesses processos possam ser eficazes também para  perda de peso sem que seja necessário o esforço do monitoramento de calorias.

Foram revisados sistematicamente os estudos que examinaram experimentalmente o efeito que a manipulação da memória, distração, consciência ou atenção tem na ingestão de alimentos. Foram vinte e quatro estudos revisados, os quais investigaram a influência da atenção e memória sobre a ingestão de alimentos. A partir desses estudos, uma base de evidências de alta qualidade sugere que a alimentação atenta influencia a ingestão de alimentos.

Os resultados sugerem que a redução da atenção pela distração durante a alimentação pode aumentar moderadamente a ingestão imediata, embora a ingestão mais tarde obteve uma maior medida de aumento. Melhorar a memória dos alimentos consumidos reduziu a ingestão tardia com um tamanho de efeito médio. A remoção de informações visuais sobre a quantidade de comida ingerida durante uma refeição aumentou o consumo imediato. A redução da conscientização dos alimentos consumidos mostrou aumentar a ingestão imediata de alimentos, e o tamanho desse efeito foi grande. Nenhum efeito do aumento da atenção à ingestão de alimentos foi observado, embora isso possa ter sido devido aos métodos utilizados. O número de estudos nos quais cada conclusão é baseada foi variável e, em alguns casos, pequeno, embora tenha havido consistência nos resultados em todos os tipos de estudo.

 

Texto por João Motarelli e Julia Tott Mormillo

 

Robinson, E., Aveyard, P., Daley, A., Jolly, K., Lewis, A., Lycett, D., & Higgs, S. (2013). Eating attentively: a systematic review and meta-analysis of the effect of food intake memory and awareness on eating. The American Journal of Clinical Nutrition, 97(4), 728–742.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s